Como manter a Saúde Integrativa no dia a dia

Ter saúde integral significa estar com todas as áreas da vida em dia. Alimentação, corpo, rotina, emoção, crenças, todos precisam estar em ordem para que seja possível levar uma vida mais tranquila, com objetivos atingidos e, claro, com saúde. Separamos aqui algumas dicas para ajudar nessa organização integral. Acompanhe.

Para quem ainda não sabe, aqui na Biointegral Saúde nós trabalhamos com Saúde Integrativa. E o que é isso? Bem, nós acreditamos que somos, todos, resultado de escolhas, crenças e memória. Não temos como trabalhar apenas o lado físico de um sintoma, porque ele pode estar relacionado a um trauma, por exemplo. Também não adianta resolver um problema emocional se a pessoa segue levando uma rotina desregrada. É preciso que haja integração entre todas as áreas da vida para que haja saúde real.

Por isso, escolhemos estar presente não apenas no momento da consulta, mas no dia a dia do paciente, ajudando a fazer escolhas mais conscientes e que estejam mais alinhadas com a sua saúde física, mental e emocional. Para isso, além das consultas que unem técnicas como Microfisioterapia, PSYCH-K®, Terapia Manual e outras, também costumamos avaliar e indicar passos que podem ser dados pelo próprio paciente, fora do consultório. Confira alguns:

Trabalhar as próprias crenças

Uma das melhores formas de ter saúde integral é entender nosso funcionamento mental. Quantas doenças estamos causando por causa de crenças na escassez, na falta, no tempo que está sempre “mais curto”? Quantos planos deixados para depois porque acreditamos que não somos capazes, que não temos capacidade, que não “é para nós”? Quanta fartura desperdiçada porque cremos que o dinheiro é ruim, que ser rico nos tira a bondade? Quantos relacionamentos deixando de existir por que podem nos prender ou nos tirar a paz? Conhecer nossas crenças nos ajuda a limpar o que não é necessário. E pode ser um caminho viável para uma vida mais feliz.

Investir em exercícios físicos

O corpo responde aos estímulos que recebe. Noites mal dormidas, vida sedentária, má alimentação. Tudo isso se traduz, mais dia, menos dia, em doenças como hipertensão, em dores na coluna e nas articulações, em estresse e ansiedade. Então, investir em exercícios físicos é uma forma de evitar doenças, sejam elas somente físicas ou, até mesmo, emocionais. Escolha algo de que goste, que faça bem para você em todos os sentidos – pode ser um exercício solitário, algo mais pesado ou mais fluido, algo em grupo, o importante é sair do sofá e mexer o corpo!

Manter-se hidratado

Não é brincadeira. Em pleno século XXI, com toda a informação que há disponível e ainda tem gente que simplesmente não bebe água. Nem a falta de memória pode ser responsável por isso, já que hoje temos, inclusive, aplicativos que ajudam a lembrar de se hidratar de tempos em tempos. Nosso corpo precisa de água, nossa mente precisa de água, inclusive nossas emoções precisam de água. Para purificar, para eliminar o que não está servindo mais, para manter o corpo funcionando corretamente. Beba água!

Meditar

As maiores queixas que temos, hoje, no consultório, certamente se referem ao estresse e à vida corrida, a agendas cheias de compromissos e pouco tempo para, efetivamente, viver. Acontece que separar alguns minutos do seu dia para silenciar e ouvir o próprio corpo, deixar o fluxo de pensamentos acontecer naturalmente e perceber o que está incomodando realmente não vai bagunçar sua agenda. Vai, na verdade, ajudar a começar uma organização de vida. Meditar não é parar de pensar, gente, esse tipo de julgamento já ficou para trás, certo? Meditar é parar para respirar. Pode parecer mentira, mas a maioria das pessoas respira mal e, com isso, tem pouca oxigenação no corpo. Experimente respirar profundamente três vezes e perceba sua reação. Sentiu tontura? Certamente, é porque seu cérebro não está mais acostumado a receber a quantidade certa de oxigênio. Conseguem entender o quanto isso é, ao mesmo tempo, simples e grave? Então, meditar é a melhor forma de ter alguns minutos para, simplesmente, respirar e prestar atenção em si. Comece. Sem grandes expectativas. Aos poucos, veja a mágica acontecer.

Ter projetos de vida

Se tem algo que nos traz juventude, entusiasmo e saúde é ter projetos de vida. Na verdade, ter objetivos é o que nos mantem vivos! Muitos pacientes chegam aqui com depressão, ansiedade, insônia, e descobrimos, aos poucos, que deixaram seus sonhos de lado, seus projetos em segundo plano, que vivem como estivessem “no piloto automático”, sem vontade, sem entusiasmo, sem energia. A saúde integral é uma via de mão dupla: vem de fora para dentro, com a alimentação, as leituras, a meditação, os exercícios, e de dentro para fora, com a integração de nossos sonhos, vontades, ideias, a higienização dos pensamentos, o retorno ao que nossa criança interior tinha: sonhos, vontades e alegria. Quais são seus projetos de vida? O que faz seu coração bater mais forte e sua mente vibrar? Não dá para viver disso ainda? Pois faça um pouco por dia em direção a esse sonho! Reserve tempo para o que te faz realmente feliz. Quem sabe, logo isso não se torna algo efetivo e real?

Tudo isso faz parte de um todo, da nossa saúde integral. Corpo, mente e emoção reunidos, para que tenhamos mais bem-estar. Conte se faz sentido pra você e em qual dessas etapas está faltando dar uma olhadinha na sua vida. Quem sabe, a gente pode te ajudar!

1 comentário em “Como manter a Saúde Integrativa no dia a dia”

  1. Pingback: Dicas para manter a Saúde Integrativa no dia a dia - Blog Anselmo Santana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *