Saia do papel de vítima!

Quem tem alguma doença ou sofre com um mal crônico acaba sempre achando que é injustiçado pelo mundo, acaba entrando no papel de vítima. Mas a verdade é que a maioria dos males de que sofremos podem ser evitados ou combatidos como uma postura positiva e autônoma da vida.

Saia do papel de vítima! Acreditar que é injustiçado pelo mundo que tudo de ruim acontece com você é um atraso para seu processo de cura. Antes de ficar culpando outras pessoas ou o universo pela sua doença ou por alguma dor crônica, olhe para dentro. As principais respostas de que precisamos, já as temos. Mas é necessário realizar uma investigação interna, iniciar um combate ao sofrimento com uma postura positiva e autônoma da vida.

Mas e o que isso quer dizer? Somos senhores da nossa realidade. Muitas emoções e memórias que dirigem silenciosamente nossas vidas estão gravadas na memória inconsciente ou nas células do nosso corpo. Como não temos essa informação e não encontramos a cura, tendemos a buscar causas externas. Entretanto, acontecimentos externos podem, inclusive, ser gerados por uma vibração dessas memórias, das nossas crenças limitantes. Ou seja, o que achamos ser a causa do mal, pode ser também causado por nós mesmos.

E qual o caminho a seguir? Investigar, primeiramente, nosso interior. Entender que fatos podem ter marcado nossa memória e nosso corpo e podem ser os causadores de situações como:

  1. Enxaquecas
  2. Insônias
  3. Depressões
  4. Síndromes
  5. Alergias
  6. Bloqueios

O primeiro passo é entender que não somos vítimas. Mesmo se a causa for algo que sofremos no passado, cabe a nós tomar as rédeas da situação e virar o jogo. Alguém já disse que não podemos mudar o começo da história, mas podemos escrever um novo fim. Pois eu digo: é possível viver uma vida plena, sem dores, sem situações crônicas que impeçam nossa felicidade! Como? Entendendo que há um caminho de cura para praticamente tudo e buscando as alternativas possíveis para cada caso.

Meu trabalho como fisioterapeuta especializado em Microfisioterapia já me colocou frente a frente com situações diversas: dores que pareciam incuráveis, insônias que tiravam a paz há anos, falta de apetite, apetite extremo, dificuldades com determinadas situações sem explicação aparente. Acredite: tudo tem uma razão e motivo, e encontrando essas causas, é possível iniciar um tratamento com resultados incríveis.

Sergio Bastos Jr

2 comentários em “Saia do papel de vítima!”

  1. Pingback: Saia do papel de vítima!

  2. Pingback: Saia do papel de vítima! - Bazar das Luluzinhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *