Maternidade e crenças limitantes

Estamos prestes a comemorar mais um Dia das Mães, uma data criada para o comércio, mas que pode trazer uma ótima reflexão: qual a relação da maternidade com as crenças limitantes?

O assunto que envolve a maternidade e as crenças limitantes precisa deixar de ser um Tabu. A não ser que busquemos nossa própria verdade, trabalhemos nossa psique e encontremos formas muito genuínas de nos relacionarmos, estaremos, inevitavelmente, reproduzindo comportamentos que nos foram passados por herança, seja ela genética, educacional ou social. Quantas vezes você, que é mãe, se pegou reproduzindo um comportamento que, antes, condenava? Isso acontece mais do que você imagina.

Antes de se desesperar, a boa notícia: você pode encontrar as causas do seu comportamento, caso seja algo que você não concorde ou que esteja atrapalhando seu relacionamento com seus filhos e a sua forma de educar. Por meio dessa busca de razões, é possível determinar com o que realmente você se identifica, no que acredita como mãe e que tipo de pessoas você quer ajudar a formar para o futuro.

A maternidade vai além de simplesmente colocar um filho no mundo. Ela prescinde de uma fortaleza de alma, de uma presença doce, mas forte, de um direcionamento e um comportamento que sejam saudáveis e que possam servir de base para que as crianças e adolescentes de hoje sejam adultos saudáveis no amanhã. E o que vemos, muitas vezes, é exatamente o contrário: pais e mães reproduzindo comportamentos traumáticos ou mesmo descontando nos filhos as próprias lacunas que trazem no coração e na mente.

Quando crianças, somos extremamente suscetíveis a tudo. Uma bronca pode ser traduzida como rispidez excessiva. Um afastamento temporário pode ser considerado um abandono. Uma mãe que trabalha fora pode ser vista como uma pessoa ausente, enquanto a verdade é outra, mas a criança entende o que sente. Entender quem você é como pessoa, o que te feriu, e ainda fere, e de que forma você aprendeu, ao longo da vida, a lidar com essas emoções, pode ser fundamental para que seus filhos tenham uma mente e uma emoção também saudáveis.

O que a gente pode fazer por você? Com as várias técnicas que usamos aqui na Biointegral Saúde, como a Microfisioterapia e o PSYCH-K, podemos ajudar você e a descobrir traumas, memórias e crenças limitantes, e fazer com que sua mente e corpo consigam eliminar essas travas que impedem que você seja sua melhor versão, de pessoa e mãe!

3 comentários em “Maternidade e crenças limitantes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.