A atuação do emocional na saúde

Muita gente acredita que o poder do emocional na saúde está apenas em doenças consideradas também emocionais, como síndromes e fobias. Você sabia que a causa de dores musculares, dores de cabeça e até doenças cardíacas pode estar ligada a situações emocionais?

A atuação da nossa construção emocional na saúde é extremamente vasta. Além de doenças consideradas emocionais, como fobias, síndromes, estresse, ansiedade, os acontecimentos traumáticos que vivemos, desde a vida intrauterina, ficaram gravados em nossa memória celular, e não apenas em nosso inconsciente. Isso faz com que muitas dessas gravações sejam traduzidas pelo corpo como dores e doenças, um sinal de que algo não foi bem processado, gerando mal-estar, às vezes permanente, outras, recorrente.

O que acontece é que a maioria das pessoas passa anos, às vezes uma vida inteira, buscando diferentes tratamentos, medicamentos, interferências, muitas vezes invasivas, para acabar com problemas que impedem um dia a dia pleno e feliz. Enxaquecas, síndrome do pânico, sintomas de ansiedade e estresse, dores de estômago, problemas na coluna e nas articulações.

Podemos ficar aqui listando milhares de sintomas e problemas com diferentes atuações. Como também podemos fazer centenas de combinações de fatores que podem ser causadores desses males. Podemos, inclusive, ter sucesso. Mas é bem possível que eles voltem a acontecer, por causa das tais memórias celulares. Mas, então, o que fazer?

Descobrindo o baú de tesouros da alma

Assim como em um baú de tesouros há muitas preciosidades, também há muitas coisas velhas e que já não terão mais uso. Assim funciona a Microfisioterapia, ajudando, com o toque leve e sutil e entendendo a resposta de tecidos e órgãos, a descobrir quais as coisas (emoções e memórias) velhas já não servem mais e estão atrapalhando o bom funcionamento do corpo e da mente.

Uma vez que o organismo entende isso, ele mesmo trata de realizar a cura, expulsando aquelas memórias e redefinindo emoções, ou seja, eliminando, aos poucos, os sintomas, porque trata diretamente a causa do problema. Infelizmente, somente há pouco tempo descobrimos como a gestão da nossa emoção é importante e como existem traumas dos quais não temos consciência. Mas chegamos a um tempo em que esse conhecimento, acrescido de técnicas eficazes de reprogramação da memória celular, podem fazer maravilhas pelo nosso bem-estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *